quarta-feira, 26 de março de 2008

Vida em Cativeiro actualizada

Afinal ainda não vos posso dizer qual o tempo de vida em cativeiro de uma borboleta.
A Malhadinha que aprentemente deveria estar morta, estava escondida e voltei a ver no outro dia de manhã numa flor ao sol. Tudo indica que podem viver mais!

2 comentários:

Raul Martins disse...

Olá Kiko... acabei de ler a tua mensagem que deixaste em comentário à professora Teresa e fiquei encantado pelo teu entusiasmo pelas Borboletas. Parabéns... Vou voltar mais vezes para saber como vão as tuas pesquisas.
Em frente!

Butterkiko disse...

Obrigado! Até um outro comentário!